organizations : : objects : : architecture : :  urbanism 

Fundada em 2015, OOAU desenvolve soluções individualizadas à escala urbana, arquitetónica, do objeto e organizacional. Os serviços abrangem uma ampla gama de competências: desde criação de projetos originais, até ao desenvolvimento e otimização de projetos em curso, e elaboração de documentos de produção e fabricação; desde consultadoria em estratégias e gestão de design até aconselhamento sobre gestão do conhecimento dentro de organizações.

Ao longo dos primeiros anos de atividade, a OOAU assessorou projetos e organizações em Portugal, Itália, Alemanha, Qatar, Omã e Brasil, trabalhando com autoridades locais, ateliers de arquitetura, empresas de construção, e clientes particulares.

 

serviços

 

organizations ::

| standards | processes | contracts | knowledge management | scalability |

objects : :

| product design | design 2 production | prototyping | material research |

architecture : :

| integral design | geometry | buildability & value | parametrization |

urbanism : :

| data and functional analysis | infrastructure and program | policy |

 

eficiência ou eficácia

A atividade criativa poucas vezes consegue ser realmente eficiente. A aproximação à solução perfeita que satisfaz todas as vontades tangíveis e intangíveis do cliente implica uma vontade tentar diferentes caminhos que podem resultar em nada. É a natureza da criatividade e inovação – e é mais uma razão para apontar à eficácia.

Para chegar a um projeto ou uma organização eficaz, a oportunidade para a exploração criativa deve ser maximizada. É necessário a implementação de procedimentos efetivos que agilizem os processos que são necessários, mas que não contribuem diretamente para atingir os objetivos. Isto significa que as tarefas recorrentes devem tornar-se estandardizadas e que tarefas repetitivas podem ser automatizadas, libertando recursos para atingir as ambições centrais do projeto ou organização.

máximo efeito com o menor esforço

Muitas vezes, as limitações do orçamento são tomadas como limitações ao resultado e à ambição de um projeto - não é necessariamente assim. Uma boa compreensão dos materiais novos e antigos, bem como dos métodos reais e atuais de produção e construção, leva a soluções que podem parecer intrincadas ou complexas, mas são alcançadas de forma economicamente sustentável.

 

projetos

 

nuno almeida

NunoAlmeida-OOAU.JPG

Nuno Almeida é arquiteto com vinte anos de experiência internacional. Tirou o curso na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto e é membro da Ordem dos Arquitetos desde 1998. Depois de experiências profissionais em Barcelona, Copenhaga, Berlim, Porto e Roterdão, trabalhou com o UNStudio (Amesterdão) durante 16 anos, chegando a Associate Director/Senior Architect. Em 2015, regressou a Portugal onde fundou a OOAU – Design Consulting.

Nuno Almeida acumulou uma vasta experiência na liderança de projetos internacionais de grande escala e complexidade (tanto em termos de complexidade geométrica e de projetação, como de complexidade política/estratégica). A sua experiência abarca desde o design conceptual (incluído vários propostas vencedoras de concursos), até ao desenvolvimento detalhado desses conceitos e a sua construção. Em todas as fases, tem um papel ativo tanto, internamente, na criação e desenvolvimento da ideia como, externamente, na gestão e coordenação com equipas de especialistas e construtores, clientes e entidades, gerindo também os aspetos contratuais, comerciais e financeiros da maioria dos projetos em que participa.

Foi participante ativo no crescimento equilibrado do UNStudio de um atelier de 20 pessoas para uma empresa com mais de 120 arquitetos, sempre mantendo a ambição e a qualidade que trouxeram ao UNStudio projeção internacional. Durante esse período desempenhou uma série de papéis chave desde as mudanças organizacionais para a certificação ISSO 9001 em 2001, até à implementação de programas de pesquisa e desenvolvimento e estratégias de gestão do conhecimento, que permitiram a evolução e adaptação do UNStudio para projetos cada vez maiores, geometrias cutting-edge, e aos avanços tecnológicos da indústria da construção. Independentemente e representando o UNStudio deu conferências   e ensinou em várias universidades e congressos. 

 
 

artigos

Fachadismo: a morte da (autenti)cidade de Lisboa
PÚBLICO
14 março 2017

2000px-Logo_publico.png

                                                                                             O debate sobre a intervenção nos centros urbanos chegou a um novo patamar com a queixa na justiça contra o edifício projetado por Souto de Moura na Praça das Flores. É uma situação preocupante que põe em causa a capacidade dos arquitetos intervirem originalmente nos centros urbanos quando já existem diversos obstáculos à renovação arquitetónica dos centros históricos. O resultado será uma cidade cada vez mais presa ao passado, superficial e desinteressante, uma Veneza a tender cada vez mais para o Venetian de Las Vegas, uma caricatura de si mesma sofrendo uma gradual desertificação cultural e de população, mais pobre mas mais cara.

Link ao artigo

Aqui não há Ordem, só organização
Jornal Arquitectos J-A 250
2014

images.png

Nas últimas décadas, o êxito da arquitectura holandesa não se ficou a dever (apenas) ao talento dos arquitectos holandeses. Nos anos de 1990, o investimento do Estado holandês na promoção da arquitectura foi amplo e estruturado, não se limitando à valorização de obras singulares que beneficiam escritórios de uma certa dimensão e/ou nome. Por exemplo, o programa VINEX promoveu mais de uma centena de projectos de habitação de grande escala, que beneficiaram um grande número de escritórios de diferente dimensão, prática e experiência. Em paralelo, no final dos anos de 1980, a criação do Instituto Holandês de Arquitectura (NAI) instigou o debate cultural sobre arquitectura, seguindo uma estratégia de programação orientada para o presente e para o futuro.

Link ao artigo

 
 

contactos

Personalizamos e individualizamos os nossos serviços para alcançar os seus objetivos.

Contacte-nos para encontrar a melhor maneira de colaborar.

info@ooau.com

+351 91 552 6292 (.pt)

+974 31 186 969 (.qa)

Por favor preencha o formulário abaixo

Nome *
Nome